Sexta-feira, 24 de Outubro de 2008

ENTREVISTA EXCLUSIVA DE RUI LIMA AO BLOG PN GAIA

“OS RESULTADOS DA EQUIPA TÊM-SE SOBREPOSTO AOS PROBLEMAS DO CLUBE”

 

 

 

 

PATRÍCIA MARTINS
 
Rui Lima é dos jogadores mais experientes do plantel axadrezado. Desde os 11 anos ligado ao Boavista, o médio fez um interregno da sua passagem pelo Bessa de cinco anos e regressou esta época por acreditar na recuperação do “Boavistão”. Para o jogador de 30 anos, não há dúvidas que a boa prestação neste início de época tem animado até os mais pessimistas e o reerguer do clube depende em muito do apoio que o plantel tem recebido dos adeptos.
 
·         Foi formado nas escolas do Boavista, entretanto saiu por cinco anos e esta época regressou. O que mudou, em termos de atitude do clube, dessa altura para aqui?
 
Penso que a atitude e a mística do clube mantêm-se apesar de todos os problemas que o Boavista atravessa neste momento a nível financeiro. A própria massa associativa tem comparecido em força nos jogos e acho que isso se mantém desde essa altura. Apesar da equipa estar numa nova fase da sua vida, na segunda liga pela primeira vez, acima de tudo esse espírito que sempre houve aqui no Boavista é o mesmo de sempre.
 
·         Como viu e sentiu a despromoção do Boavista?
 
É uma tristeza e um impacto muito forte sobretudo para quem gosta muito do Boavista. Mas penso que tem havido uma resposta bastante boa, tanto da parte dos atletas como a massa associativa que tem acompanhado a equipa tanto nos jogos em casa como fora e penso que isso é muito importante para, aos poucos, o Boavista ir-se reerguendo e voltar aos lugares que normalmente ocupa.
 
·         Com um arrancar de campeonato conturbado, o plantel recuperou facilmente da mudança improvável e apressada de treinador?
 
O timing se calhar não foi o melhor mas temos que entender as razões que levaram o mister Pacheco a tomar essa decisão. Com a entrada do mister Rui Bento procuramos assimilar o mais rápido possível o trabalho e as ideias dele. Não tínhamos muito tempo até ao início do campeonato para que isso acontecesse mas penso que com o passar dos jogos e do tempo as coisas têm melhorado, a equipa tem vindo a praticar melhor futebol e os jogadores entendem-se melhor dentro de campo e penso que estamos em crescendo e esperamos manter esse crescimento.
 
·         Como tem encarado o trabalho desenvolvido por Rui Bento?
 
Tem sido um trabalho bastante positivo, ele chegou praticamente em cima da primeira jornada, não conhecia grande parte dos jogadores em virtude da juventude deles, mas nós, os mais velhos, também temos vindo procurar a ajudar e penso que temos feito um bom trabalho e até vindo a superar as expectativas das pessoas mais pessimistas e a própria massa associativa tem visto que o plantel tem qualidade e acima de tudo tem querer e vontade de vencer. É essa mentalidade que vamos procurar manter até ao final da época.
 
·         Qual o balanço que faz deste início de época no Boavista?
 
Como lhe disse, nós sabíamos do nosso valor, sabíamos que ia ser difícil, sabíamos que estávamos em atraso em relação às outras equipas que começaram a treinar logo no início de Julho, mas pronto, a partir do momento em que começamos a treinar a sério no princípio de Agosto, sabíamos que tínhamos qualidade, jogadores jovens com muita qualidade que estão a aparecer agora, outros jogadores que já conhecem também bem a segunda liga e as suas dificuldades. Penso que temos o nosso crer e o bom espírito que temos no balneário nos tem ajudado a superar as dificuldades que aparecem nos jogos e a superar um pouco as expectativas das pessoas.
 
·         Tendo já alguma experiência na Liga de Honra e conhecendo a sua forte competitividade, qual acha que está a ser a atitude dos adversários perante o Boavista?
 
Quer queiramos quer não, o Boavista é sempre uma equipa que motiva o adversário. É um clube que não é deste campeonato, já há muitos anos que não jogava na segunda divisão. Apesar de todas as dificuldades é um clube que motiva os adversários e nós sentimos isso e sabemos que é mais um obstáculo que temos que contornar todos os Domingos. Perante a motivação do adversário temos procurado ser regulares, pois nesta segunda liga é muito importante ser regular, principalmente nos jogos em casa. Uma equipa que não tenha percalços em casa à partida chega ao último terço do campeonato nos lugares de disputa de subida de divisão. É isso que vamos procurar fazer: vencer os nossos jogos em casa, amealhar alguns pontos fora e vamos ver o que acontece lá para Março ou Abril.
 
·         Como se encontra o ambiente no seio da equipa neste momento?
 
É o melhor que pode haver, o melhor possível. Damo-nos todos bem, não tem havido qualquer tipo de problema e penso que isso se transmite bem aos Domingos nos jogos.
 
·         Na sua opinião, os jogadores menos experientes deste plantel (que são muitos), têm noção do historial do Boavista?
 
Talvez não tenham. É normal, eu se calhar quando tinha 17 ou 18 anos também não me apercebia de coisas que se passavam em redor do clube que agora me apercebo. É próprio da juventude, mas nós também tentamos mostrar que o Boavista já conquistou muitas coisas, era um clube com grande poder e historial no futebol português e neste momento está numa fase difícil e cabe a eles (a equipa), juntamente com a equipa técnica e os directores, voltar a colocar o Boavista num lugar que sempre foi dele que é entre os melhores da primeira liga.
 
·         É constante ouvirmos elogios do plantel aos adeptos boavisteiros. Como tem visto a sua prestação e em que medida tem sido tão importante esse apoio?
 
É muito importante porque eles estão feridos no seu orgulho por tudo o que se passou. A equipa também sente isso, nós os mais velhos, e falo por mim que já estou ligado ao Boavista desde os 11 anos, sabemos que é uma situação nova para o clube e penso que o apoio da massa associativa tem sido muito importante não só em casa como fora. Acima de tudo porque é um plantel jovem e que está a dar os primeiros passos a maior parte deles no futebol sénior e o apoio da massa associativa é bastante importante para a integração deles no futebol profissional, para ajudar a equipa a conseguir bons resultados, a equipa conseguindo bons resultados há, logicamente, aquela motivação e a confiança das pessoas. As pessoas têm comparecido em massa e espero que continuem a apoiar a equipa porque é muito importante.
 
·         Na sua perspectiva, existem quezílias no interior do clube?
 
Que eu tenho conhecimento não, mas também nós somos empregados ao serviço do clube, procuramos dar o máximo nos nossos treinos para chegar ao Domingo na melhor forma possível e ganhar jogos para tentar reerguer novamente o clube. Esse tipo de problemas são coisas que nos passam ao lado e nós também não temos interesse em nos envolvermos nesse tipo de aspectos.
 
·         Acha que o país, em geral, dá o Boavista como “morto”?
 
Não, penso que não. Talvez no início, como todos os dias abríamos as páginas dos jornais e havia uma bomba sobre o Boavista. Mas agora, não se tem falado tanto disso, talvez os resultados da equipa tenham sobreposto esses problemas que o clube atravessa e neste momento as pessoas já falam mais da equipa e dos resultados da equipa do que propriamente dos problemas e é isso que vamos tentar fazer também: corresponder com atitude, com querer e se for possível com vitórias. Para as pessoas falarem de nós, da equipa, promoverem a equipa e mostrarem que o Boavista está com problemas, mas está vivo.
 
·         Acredita numa recuperação do velho “Boavistão”?
 
Se não acreditasse não tinha vindo para o Boavista.
 
 
P.N. GAIA – SEMPRE PRESENTES!!!
 
P.S. - Veja aqui, mais logo, o vídeo com a mensagem de incentivo de Rui Lima aos adeptos para o jogo frente ao Oliveirense!

publicado por Ultras P.N. Gaia às 21:26
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Nuno_Paiva a 24 de Outubro de 2008 às 22:55
Excelente entrevista.

Bom trabalho.

Parabéns!


De Boavista Sempre a 25 de Outubro de 2008 às 09:52
Parabéns aos PN Gaia por estas iniciativas e por fazerem o que nenhum jornal tem feito!

Gostei muito de ler as palavras do Rui e desejo-lhe a maior sorte para este campeonato. Nas vitórias e nas derrotas estarei sempre com esta equipa. Força Boavista!



De tito a 25 de Outubro de 2008 às 13:18
Boa entrevista,continuem assim que é disto que o clube precisa.Força RUI que estaremos sempre com vocés para um BOAVISTA sempre maior.


Comentar post

.pesquisar

 

.Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. Voleibol:Boavista FC vs S...

. Futebol Feminino:Boavista...

. Futsal:Boavista vs ADR Ma...

. DR. LUÍS FILIPE MENESES V...

. PANTERAS NEGRAS (RIBEIRÃO...

. Esta Quarta Feira Vamos T...

. Voleibol:Sempre Presentes...

. Ribeirão 2 vs 0 Boavista ...

. BOAVISTA FC NA PRIMEIRA L...

. Invasão a Ribeirão

.arquivos

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

.links